larentis@larentis.com.br | +55 54 3453 - 6469

Na Mídia

Acompanhe tudo que saiu na mídia sobre a Vinícola.

29/03/2016

Cepas Selecionadas, da Vinhos Larentis, ganha Marselan safra 2012




 

A linha Premium Cepas Selecionadas da Vinhos Larentis ganha mais uma edição do Marselan, dessa vez da safra 2012 com produção limitada de cinco mil garrafas. A variedade, cruzamento de Cabernet Sauvignon e Grenache é cultivada desde 2007 pela família Larentis e teve excelente adaptação no Vale dos Vinhedos. Fazem parte ainda da Linha Cepas os vinhos Ancellotta e Teroldego, todas variedades ainda pouco conhecidas no mundo e, por isso, selecionadas para a elaboração de vinhos únicos.
 O Marselan é um produto elaborado somente em safras propícias para a elaboração de vinhos longevos. A seleção das uvas ocorreu manualmente nos melhores vinhedos da família. Por meio de elaboração tradicional, passou por um controle de temperatura durante a fermentação malolática. O envelhecimento ocorreu em barricas de carvalho norte-americano por seis meses e depois de engarrafado descansou na cave por no mínimo um ano, antes de ser comercializado.

 

A linha Premium Cepas Selecionadas da Vinhos Larentis ganha mais uma edição do Marselan, dessa vez da safra 2012 com produção limitada de cinco mil garrafas. A variedade, cruzamento de Cabernet Sauvignon e Grenache é cultivada desde 2007 pela família Larentis e teve excelente adaptação no Vale dos Vinhedos. Fazem parte ainda da Linha Cepas os vinhos Ancellotta e Teroldego, todas variedades ainda pouco conhecidas no mundo e, por isso, selecionadas para a elaboração de vinhos únicos.

 

 O Marselan é um produto elaborado somente em safras propícias para a elaboração de vinhos longevos. A seleção das uvas ocorreu manualmente nos melhores vinhedos da família. Por meio de elaboração tradicional, passou por um controle de temperatura durante a fermentação malolática. O envelhecimento ocorreu em barricas de carvalho norte-americano por seis meses e depois de engarrafado descansou na cave por no mínimo um ano, antes de ser comercializado.

 

Cruzamento de Cabernet Sauvignon e Grenache teve boa adaptação no Vale dos Vinhedos. 

Cruzamento de Cabernet Sauvignon e Grenache teve boa adaptação no Vale dos Vinhedos.

De cor vermelho rubi, com reflexos violáceos, esse vinho possui intenso aroma de frutas vermelhas e notas do carvalho bem integradas. No palato apresenta-se macio e equilibrado, com final de boca muito agradável.

 

A linha Premium Cepas Selecionadas comprova a preocupação da família Larentis em aperfeiçoar e inovar sua marca. Fundada em 2001, a pequena vinícola demonstra qualidade de castas  consideradas novas no país e que vêm tendo excelente desempenho com o solo e o clima da região, ampliando na taça as opções dos consumidores.

 

Cepas Selecionadas

Cepa, origem do nome da linha Premium, trata-se da variedade de uva utilizada para a elaboração do vinho. Cada cepa tem uma característica e uma tipicidade.

 

Características:

Variedade: Marselan

Graduação Alcoólica: 13% vol.

Safra: 2012

Temperatura de serviço: 16 a 18° C

Produção limitada: 5.000 garrafas numeradas

 

Harmonizações:

Carnes assadas

Massas com molho vermelho

16/02/2016

Merlot, o mais emblemático vinho da Larentis agora na safra 2012


Lançamento chegaou com lote limitado de 3 mil garrafas, elaboradas com uvas próprias cultivadas no Vale dos Vinhedos.



 

A uva Merlot é a variedade tinta emblemática da Vinhos Larentis, no Vale dos Vinhedos. Há 15 anos acumulando a experiência de vinificar vinhos finos, o Merlot é o mais reconhecido da vinícola ao longo de sua história. Aliado a esta superioridade no terroir está a qualidade da safra 2012, que proporcionou a chegada de um vinho espetacular, simbólico e carregado de personalidade. O Reserva Especial Merlot Safra 2012 chega num lote limitado de apenas 3 mil garrafas.
Com extremo cuidado e dedicação diária, a Família Larentis acompanhou de perto a evolução dessas uvas, todas cultivadas num vinhedo com 30 anos em produção. O resultado não poderia ser diferente, um vinho muito equilibrado, taninos macios e generosos e retrogosto agradável. “O Reserva Especial Merlot é um vinho elaborado somente em safras especiais, propícias para vinhos longevos”, destaca o enólogo da vinícola, André Larentis.  As uvas utilizadas foram selecionadas manualmente. O processo de elaboração foi tradicional com controle de temperatura durante a fermentação e maceração prolongada, além de fermentação malolática. O envelhecimento foi em barricas de carvalho por nove meses. Depois de engarrafado, o vinho descansou na cave por mais de um ano. A dica de harmonização do enólogo são carnes vermelhas e massas com molhos condimentados e uma temperatura de serviço entre 16°C a 18°C. 
Até hoje não esquecid que o André está me devendo a elaboração do Ucha Reserva Especial 2012, cujo corte elaboramos – eu, Gustavo, Hostch, Luciana, Artur e Mariana – durante uma visita que fizemos à vinícola naquela safra. Era um corte de 20% Marselan, 25% Ancellotta e 55% Merlot. Tenho certeza que seria um grande vinho.

 

A uva Merlot é a variedade tinta emblemática da Vinhos Larentis, no Vale dos Vinhedos. Há 15 anos acumulando a experiência de vinificar vinhos finos, o Merlot é o mais reconhecido da vinícola ao longo de sua história. Aliado a esta superioridade no terroir está a qualidade da safra 2012, que proporcionou a chegada de um vinho espetacular, simbólico e carregado de personalidade. O Reserva Especial Merlot Safra 2012 chega num lote limitado de apenas 3 mil garrafas.

Com extremo cuidado e dedicação diária, a Família Larentis acompanhou de perto a evolução dessas uvas, todas cultivadas num vinhedo com 30 anos em produção. O resultado não poderia ser diferente, um vinho muito equilibrado, taninos macios e generosos e retrogosto agradável. “O Reserva Especial Merlot é um vinho elaborado somente em safras especiais, propícias para vinhos longevos”, destaca o enólogo da vinícola, André Larentis.  As uvas utilizadas foram selecionadas manualmente. O processo de elaboração foi tradicional com controle de temperatura durante a fermentação e maceração prolongada, além de fermentação malolática. O envelhecimento foi em barricas de carvalho por nove meses. Depois de engarrafado, o vinho descansou na cave por mais de um ano. A dica de harmonização do enólogo são carnes vermelhas e massas com molhos condimentados e uma temperatura de serviço entre 16°C a 18°C. 

Até hoje não esquecid que o André está me devendo a elaboração do Ucha Reserva Especial 2012, cujo corte elaboramos – eu, Gustavo, Hostch, Luciana, Artur e Mariana – durante uma visita que fizemos à vinícola naquela safra. Era um corte de 20% Marselan, 25% Ancellotta e 55% Merlot. Tenho certeza que seria um grande vinho.

Newsletter

Preencha os campos a baixo e recebas as novidades e promoções da Vinicola Larentis.
Facebook